quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Solidão

Seja vale ou depressão
Seja cruzar, o desejo
Não feche os olhos
Estenda a mão

Em arcos ou concreto
Em aço ou estais
Sejam as colunas altas
Ou os pilares rijos
Não tema por sua solidão

Quando menos se espera
A distância vira pó
Se esvai o luto
E seus amigos te avistam
Com os passos que se seguem
A cruzar o viaduto

25/02/2010


Ao amigo Glads, escritor de mão cheia ...

13 comentários:

EU SOU NEGUINHA disse...

Flá...que saudade...estava sumido menino.
Beijos da Nega

Anônimo disse...

Que bom que tenho vc.
bjs. Lady Lectress

[ rod ] ® disse...

A solidão aguça nossos sentidos. Faz de nós uns prontos ao diálogo de horror e amor. Abs meu caro!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

A solidão causa dor e angústia, mas temos que enfrentar esse medo com valentia e determinação.

Lindas suas palavras, querido amigo poeta.

Estava sumido, hein?

Que seu domingo seja de luz.

Rebeca

-

Crys disse...

Lindo texto...obrigado pela visita...volte sempre...bjs

Sonia Schmorantz disse...

Perfeito!
Um abraço e uma excelente semana

Mahria disse...

A solidão é minha companheira, eu mim acostumei a ela e ela a mim.

Bjs
Mah

Ava disse...

Pois é, moço do chapéu...

Entre realidade e sonhos, vou vivendo, mas te confesso que as vezes cambaleio...rs

Saudades de voce, disso aqui, de tudo de bom que sentimos, nessa gostosa troca de energias...

Beijos meus!

Delitos e Delícias disse...

mas tem horas que a diaba da solidão ensina ...

excelente texto!

Jaya Magalhães disse...

Eu fico querendo que seja meu também, esse poema. Pode? (:

E, ó, eu não sou humana. Nem do planeta Terra. É, sou totalmente alienígena, cara.

Haha.

Beijo.

[ rod ] ® disse...

Saudades meu caro e esperando o março chegar..rs.s

Abs!

iaiá disse...

oi sócio,

algumas vezes ao ler algo primeiro me vem à mente uma música. hj foi essa e esse vai ser meu comentário.

http://www.youtube.com/watch?v=VI2GnTbLTG4

Ava disse...

"...quando menos se espera, a distância vira pó..."


É amigo, as distancias virtuais também, e cá estou mantando a saudade de tí.

A blogosfera nos coloca em contato com várias pessoas, umas marcam e deixam sempre um sentimento gostoso no coração...

Voce é especial, Moço do Chapéu...


Beijos e carinhos meus!