domingo, 23 de agosto de 2009

Tempo de Criança





Essa letra é da música infantil, que também vai estar no CD. Estava sendo guardada para o dia da criança, mas como está muito longe, vou antecipar por aqui.
O selinho é um presente da Rebeca e do JC, que aceitaram o convite para ilustrar o poema.


Pula
sai da cama, pega a bola
pé descalço, tá na rua
vai pra grama, deita e rola
lá no parque encontra a turma
porque não vai ter escola
hoje é dia de brincar

Corre
pega-pega, esconde-esconde
bate o pique que tá salvo
tem gente no não sei onde
os adultos são o alvo
que passeiam pelo bonde
pega água pra jogar

A gente senta pra lembrar daquele tempo tão gostoso de criança
e a esperança de que um dia novamente ele ainda vai voltar
Você não vê que é tão fácil reencontrar toda aquela felicidade
na liberdade de soltar-se pelo mundo como se fosse voar

Esqueça essa preguiça que deixa apagado
cadê o brilho do seu olhar?
A vida é tão bonita pra ficar parado vendo ela passar

Festa
se reúne a criançada
brincadeira e brigadeiro
toda a boca lambuzada
correria e presentes
ninguém breca a garotada
isso não vai acabar

E
do casalzinho que namora
todo mundo tira sarro
de mãos dadas, vão se embora
esconder-se num cantinho
logo, logo, não demora
dá vontade de beijar

A gente senta pra lembrar daquele tempo tão gostoso de criança
e a esperança de que um dia novamente ele ainda vai voltar
Você não vê que é tão fácil reencontrar toda aquela felicidade
na liberdade de soltar-se pelo mundo como se fosse voar


Esqueça essa preguiça que deixa apagado
cadê o brilho do seu olhar?
A vida é tão bonita pra ficar parado vendo ela passar

Já me diziam, todo dia é dia de ser criança
venha com a gente, venha pra se juntar
se sinta livre, leve, solto, pula, grita e dança
para lembrar como é gostoso brincar

29 comentários:

Bia Kohle disse...

Cd?
Não tenho dúvidas de que será um sucesso, Bonequinho!
Esse seu talento versátil que não se compra na polishop é um show em qualquer lugar!

Beijos.

Branca disse...

Ei Monday, saudade de vc!

Aqui, no meu convívio, sempre ouço um ou outro falando assim: a gente era feliz e não sabia, aí fico pensando, pra que ficar na saudade se podemos fazer do presente um verdadeiro 'presente', não é verdade?
A vida realmente é bonita demais pra ficar parado vendo ela passar. Penso que toda pessoa, depois daquela espriguiçada bem gostosa ao acordar, tem de agradecer a Deus por mais um dia e tratar de ser feliz, fazendo do dia-a-dia sempre um aprendizado, sempre uma alegria!


Bom domingo e uma ótima semana pra vc...bjo carinhoso.

Monday disse...

Bonequinha

Você sabia não? É isso mesmo, estou montando um CD com as letras dos meus poemas. Terça-feira que vem a gente vai regravar a base (vocal e violão) de todas as músicas, pra começar a fazer os arranjos finais.

Em setembro, devemos começar a gravar em estúdio (eu to me sentindo tão chic ... rsss) e em outubro, se tudo der certo e não houver atrasos, vamos fazer um showzinho de lançamento aqui em Sampa.

Depois, é claro, os arquivos vão ficar aqui no blog, pro pessoal poder ouvir, além de abrir uma página no myspace, pra poder divulgar.

O CD já tem nome: The Monday Blog Collection.

Gostou?

Monday disse...

Branquinha

Essa é a parte que mais gosto da música:

esqueça essa tristeza que te deixa apagado,
cadê o brilho do seu olhar.
a vida é tão bonita pra ficar parado vendo ela passar!

adoraria que as pessoas pensassem assim.

Aliás, quando postei, lembrei de ti e quase ia deixando o seguinte recado, num PS após o post: Branquinha, eu prometo que no próximo ponho um poema daqueles românticos, do jeito que você gosta ... rsss

Bom, tá prometido, certo?

Bia Kohle disse...

Adorei!
Se eu puder ir pra São Paulo, juro que vou ver o show!

Beijos.

Monday disse...

Bonequinha

Previsão para outubro, depois da semana "do saco cheio". É que minha filha vai viajar com o pessoal da escola nessa semana e um dos meus melhores amigos, que agora mora em Floripa, não poderia vir.

Então, deve ser depois da metade do mês ...

A Senhora disse...

Eu praticamente vi toda a minha infância e este último mês aqui em casa, com esses moleques jogando bola na sala. :) A sorte deles é que eles tem uma mãe que sabe o que é infância. :)

O nome do CD... amei! :)

Beijinhos, querido.

Menina Robô disse...

Desssas coisas que se passam em uma infância, não participei de quase nda. Também né, cega e surda não dava para fazer muita coisa e odiava companhia de outras crianças.... aff odeio relembrar..
Infelizmente não me identifico com esta letra...

Tenho certeza que o seu CD será um Sucesso, assim como o seu Blog.

Beijos

paula barros disse...

Queria, quero essa leveza, essa facilidade de ver a vida assim. De levanta e pular, e achar que pode voar.

Pelo menos na escrita e nas leituras eu posso voar, eu tenho asas e tudo, posso me reiventar.

abraços, adorei.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Monday, essa coisa de casalzinho é muito bom. Quando fazemos do relacionamento essa coisa de namorico, fica bem mais solto, mais natural.

E quanto ao convite, ficamos honrados e vamos pensar numa maneira legal de brincar com esse texto.

até mais.


Jota Cê

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Flávio,

É tanta felicidade que sinto, viu?

Passa lá no blog....

=]

Rebeca

-

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Flávio,

O coração agradece a alegria que você nos proporcionou. Dividir vitórias é saber que a boa-nova traz sucesso garantido.

Parabéns, poeta querido!

Rebeca


-

Sentimental ♥ disse...

ameeeeeeeei, voltei a ser criança.
a letra é linda!
beijos

Branca disse...

Rsrss...vc é um fofo! Sabe que gosto de tudo que escreve, mas, já que falou...vou cobrar então um bem romântico!

Que a semana traga muitas alegrias pra vc...bjo carinhoso.

Ava disse...

Monday, sabe o que me deu vontade...

Ouvir essa música em cima de um pula-pula...

Não sei o rítmo que vai ser gravada, mas ao ler a letra, dá vontade de mexer o esqueleto...rs

Não sou crítica musical...rsrsrs

Apenas estou dizendo o que sinto...


Beijos em seu coração...

Monday disse...

Mi

Sorte a sua que teve infância, ao invés desse monte de adultos rabugentos que não entendem como é bom ser criança ao menos uma vez durante o dia ...

Ka

Lamento que você não pode curtir essa fase, mas pelo que tenho lido a seu respeito, parece que já está "tirando o atraso" ... rsss

A vida segue e sempre tem chance de conseguir algo de bom no presente e no futuro.

Boa sorte pra ti, moça.

Monday disse...

Paula

letras e um par de olhos fechados ... tão fácil sonhar!

depois, é só perceber que tornar sonho em realidade é, muitas vezes, uma questão de querer e não de desistir ... como se fosse voar ...

Monday disse...

Re & JC

Eu tinha certeza que vocês iam gostar da idéia de fazer uma parceria!

Essa letra é de 1989, se eu não me engano, já foi feita com melodia e tudo.

Eu gosto muito dessa música porque acho que a letra é leve, além de ser um bom pretexto para os adultos pararem, pensarem um pouco e se lembrarem que não precisam ser tão sérios.

O selinho de vocês fez o par perfeito. Obrigado pela parceria.

Monday disse...

Sent

Se você voltou a ser criança, eu fico contente ...

Avinha

Você acertou o ritmo: é bem como estar em cima de uma pula-pula mesmo ...

Anônimo disse...

Flavio,

Ontem passei por aqui e enquanto lia o poema, na minha cabeça, eu já lia num certo gênero musical. Pensei, não, amanhã eu leio de novo que pode estar diferente (a minha leitura).

Mas não adiantou, continua sendo um ..... rap :).

Agora, me diz, que gênero é a música pra ela? Outra coisa, voce canta também? Ou tem outro alguém pra cantar?

Abçs,
Marta

Sentimental ♥ disse...

ah, eu sou uma eterna criança, só fiquei mais um pouquinho...
bjs

Monday disse...

Martinha

Não, não é um rap ... rsss. Aliás, quando essa música foi feita, rap era uma coisa muito pouco divulgada na mídia e não era o ritmo ideal.

Essa música tem uma melodia bem infantil, lúdica, lembra um pouco as músicas do tipo balão mágico em seu estilo.

Talvez seja um pouco parecida no estilo, embora o ritmo seja mais batido e menos infantil, que a famosa "PAsso do elefantinho", lembra?

Para se ter uma idéia melhor, ela pode ser tocada no baixo, em boa parte, não como base, mas como instrumento principal.

Quanto a cantar, minha voz encaixa em algumas músicas, mas não em todas. Melhor para Blues e Rocks. Quem vai fazer os outros vocais é a Tata, minha amiga a mais de 25 anos e que é cantora profissional e professora de música.

Eu estou querendo caprichar até a mais nesse CD, não só por gostar de fazer arte de qualidade, mas também porque pode ser uma chance para divulgar o trabalho da Tata.

Eu ia ficar simplesmente encantado se ela pudesse conseguir algo a mais em sua carreira profissional com uma colaboração minha.

Coisa de grandes e inseparáveis amigos ...

Letícia disse...

Estou esperando o cd. =)

E agradeço por sua amizade, bondade e generosidade com meus textos. Um amigo como você vale por muitos.

Beijos e fica bem, Monday.

Cris Animal disse...

Linda a letra, Flavio!
Sabe, lendo isso fiquei feliz em lembrar de como foi a infância que pude proporcionar aos meus filhos; desde banho de rios, caminhada na mata em noite de lua cheia até dormir na rede pendurada no jardim em noites de verão.
Acho que pelo mundo que vivemos eles foram abençoados pélo sítio e pelo tempo que estiveram lá.

Esse CD só vai ter coisa boa, heim?

beijãoooooo pra vc.

Ahhhhh.....amei a visita lá!.....rs

Monday disse...

Le

Segunda feira terminam as gravações de base. Aí, começam as gravações dos instrumentos, no estúdio. Acho que até outubro a criança nasce ... rsss

Cris

Quem não teve infância acaba ficando, normalmente, um adulto meio rabugento. Acho que os seus vão escapar dessa ...

Juliana Lima disse...

Oi coleguinha .. quanto tempo hein?

E tá cheio de novidades aqui no parquinho!! Ahh.. eu quero uma copida do cd de presente, me dá?? por favor por favor ... hahaha

e como vao as coisas??

bjos

Monday disse...

Ju Ju

Tá tudo em ordem ... e deixa de ser pidona!

O CD fica pronto, se tudo der certo, no final de setembro, começo de outubro. Vai ter myspace e outros balagandãs, então, você vai conseguir ver as músicas, tá?

Não tenho ido ao msn ultimamente, quase nada. Uma hora dessas, quem sabe?

Nat disse...

Ô que linda. Crianças são tão vivas, tão intensas, tão...humanas.
Queria ouvir essa música, como faz?

Anita "Menina-Flor-Mulher" disse...

Adorei o poema, nos remete ao tempo de criança, nos faz lembrar o quanto que era bom e o selinho é uma graça.

Bjs é bom fds.