quinta-feira, 17 de junho de 2010

Poema para Mahria

Foi no mesmo dia 10, assim como ao visitar Rebeca & JC, a leitura de lá fez surgir um poema por cá. No caso, ao visitar Mahria, cujo post no dia falava sobre um novo poema. Então, resolvi dar um pitaco ...


Um novo poema
é como um sopro renovado
pedaço de brisa fresca
que passa e arrepia a pele
que toque e areje a alma
que traga um verso de calma
que vente uma estrofe de amor
que não exagere no pudor
pois só assim se pode amar
com muito sim, com pouco não
se não quiser silenciar
o mais bater do coração

10/06/2010


Para quem não conhece Mahria, é só ir ao Entretantas ...
http://wwwantesqueeuesqueca.blogspot.com/

8 comentários:

Erica Maria disse...

Ah, saudades daqui...

A correria anda imensa...

Adorei o poema!

Bjos no coração!

Bia Maia disse...

"pois só assim se pode amar
com muito sim, com pouco não"

Que lindo isto...

Adorei!

Um beijo com carinho!

Bia

Mahria disse...

Aaaaah que lindo! Surpressa boa. Fiquei extasiada, boquiaberta. Amei.
Obrigado pelo carinho do poema e da citação.

P.S
Um novo poema, uma nova fase, um recomeço, é mesmo como um sopro renovado.


Beijos
Mah

Mirian Martin disse...

Gostoso "ver" você novamente! :)

beijocas

[ rod ] ® disse...

O novo fala de um tempo ou de um reencontro. Acende de novo a chama. Abs meu caro!

gabyshiffer disse...

Venho aqui ver seus poemas
sentir seus versos
e saio eu renovada

:)
Boa tarde pra vc amigo
Saudades
Beijos na alma!

Itália Antunes disse...

Adoraria que aceitasses um gomo de tangerina...

Sentimental ♥ disse...

q lindo!
ela merece.
bjs