terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Sabrina

Em 22/01/09, eu postei um poema chamado Fresta ... ele foi escrito uma semana depois de uma noite muito especial. Quase um ano após ter feito Fresta, foi escrito esse poema de hoje, em forma de música, para alguém que veio ao mundo por causa daquela noite ...

Menina que nasceu
num ato de amor
num quarto a beira mar
após o sol se por
Rolava Dire Straits
no som do toca-fitas
num clima que deixava
a noite mais bonita

Carícias e afagos
são corpos em paixão
o mundo se resume
a uma sensação
Num ato inesperado
o escuro se fez cor
a liberdade do desejo
semeou uma flor

O ventre onde brotou
a semente do seu ser
se fez lua crescente
só para te ter
O coração pequeno
começando a pulsar
e o corpo que mexia
sem querer parar

O calendário mostra
o dia vai chegar
mãos dadas, pouco resta
para se esperar
Teu choro é a alegria
que eu quero ouvir
numa manhã nublada
o Sol acabou de sorrir

06/03/92

46 comentários:

A Senhora disse...

Eu me lembro ainda do dia em que me contou que estavam grávidos...:)

E ver a Sabrina-mulher... É nessas horas que aparece um Arthurzinho e me diz: nossa, mãe, você tá velha!

Ainda bem que tem um Monday que ainda diz que eu não mudei muito! :)))

Mais delicioso ainda é ler esse poema e lembrar que os tempos foram bons e as boas lembranças ficam sempre.

Beijos, meu amorrrrrrrrrrr ;)

iaiá disse...

filhos..se não têlos...como sabê-los?

bom né? linda ela!
bj paizão!

Tempestade disse...

Que lindo, muito fofo!
Beijos Tempestuosos!

Cansada de ser boazinha disse...

Nossa, muito lindo e muito fofo mesmo!!!!
Ah!! Acho que o link não funciona pq vc já é meu seguidor, se não me engano!!
Nem preciso dizer que adoro suas visitas!!
Bjos!!

Branca disse...

Lindo...super delicado!

Que felicidade pra Sabrina saber que foi feita com tto amor, tanto carinho...

rs... é engraçado esse mundo virtual, qdo alguém solta um pouquinho da sua vida, acabamos nos envolvendo e ficamos torcendo pra que tudo dê certo pra ela, que só sentimentos bons permaneçam com ela...enfim, carinho - mesmo que virtualmente - nunca é demais.

bjo carinhoso pra vc Monday.

Letícia disse...

Estou em falta com você, mas venho sempre que posso. O que é mais verdadeiro é ler você e saber que o poema surgiu por isso ou aquilo. Tem gente que escreve poesia e diz que foi por causa de uma maçã que caiu na cabeça e rolou colina abaixo. Você é simples e bom.

E meu filho nasceu depois de uma longa viagem aos Estados Unidos. Saudade causa filhos. =)

Mai disse...

Por vezes eu penso que não há nada mais 'tontinho' do que pai e mão e as 'caras' de criança que ambos fazem quando 'descobrem' que 'fizeram' outra criança (além dos dois naquela hora)...

O segundo momento em que os 'tontinhos' voltam a ficar 'apatetados' é quando aquela sementinha germina e puff... chora e tem a nossa cara...

E foi isso que eu li agora.
E pelo que agora eu li, ainda mais admiro o homem que não teme revelar que se é mesmo 'criança' quando se tem um filho(a).

Sabrina como todos os filhos e filhas de pais e mães como tu, assim, 'tontinho'(s) e do bem, ~foram criança e são jovens e serão adultos felizes, éticos e dignos porque conheceram o amor.

Muito bom ler um pai e o sentimento paterno em poema.

Carinho,
Mai.

Lívia Brito disse...

Sabe que não tenho a pretensão, nem mesmo vontade de ter filhos, porém quando leio e vejo esses sintomas desses doentes chamados pais fico com uma vontade de sentir o que vocês sentem.

É lindo.
;)

Adorei seu blog e como você escreve, também. Passarei por aqui mais vezes.

Beijos.

Su disse...

Quanta demonstração de amor e carinho!
Lindo! Divino!!
Beijos

Lívia Brito disse...

Outra coisa:

O layout do seu blog me lembra uma música.

Lazy Summer Days - Elcho.
Conhece? Se não, dê um pulinho no youtube e procure - é demais.

°° Desequilibrada °° disse...

Ow, que lindo!
Tenho medo de ter filhos..
Vc tem filhos?!
Tão curiosa!
=D

°° Desequilibrada °° disse...

Mon...
Eu achei tanta graça... Mas tanta graça de ti e o Lombardi!!
Adolei sua homenagi pa ieu!!
Acho que agora, mais do que nunca, tenho motivos pra querer mudar meu estado de espirito, antes eu estava sozinha e agora não, tenho amigos que gostam de mim e mostram isso!!

muito obrigada pela força tá!?

Adoro vc!!

Mas... Uma duvida!
Vc nem viu minha calcinha e mesmo assim fez gracinha!!
Seu gaiato!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Verônica disse...

Hoje também postei do amor pela minha filha...

Estou enviando esse poema para todos os que gosto....
Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar,volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!
"Fernando Pessoa"
Lindo né... para você!!!

Tamires ________ disse...

Mon,

É sempre muito bom vir aqui. Já até virou vício, como vc bem sabe, rs

Aí, quando chego, vejo um poema tão lindo assim. Com um carinho tão grande, uma suavidade tão intensa, que dá até pra sentir do lado de cá. E o bom, dos textos, é isso: a sensação que transmite.
A Sabrina só tem a agradecer o presente. E qdo falo em presente, não digo o poema, e sim pelo pai que tem.

Meu beijo, regado a suspiros.
Tá.

Van disse...

=))))))))))))))))))))))))))))))

Pequena Poetiza disse...

que coisa linda
naum soube se o poema ou a anunciação dele me tocaram
na verdade foi a junção dos dois

bjos

Escrevendo na Pele disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Castanha Pilada disse...

Oh que ternurento!...

Sunflower disse...

Adoro o nome, mesmo que me lembrasse literaura barata, agora, você renovou meu olhar.

o casalqseama* disse...

putz,
vc é muito foda!!!



muito emocionante.
lindo demais.

bjão da fã, fê =D

Cansada de ser boazinha disse...

Deixei um selinho pra vc no meu blog!! É um carinho pra vc!
Bjos!

Pearl disse...

Poema cheio de vida...literalmente!

beijinho

Monday disse...

Mi

Arthur está na idade de dizer isso, querida! E eu na idade de falar que a mãe dele não mudou nada desde que a conheci ... rsss

nossos dias de hoje estão ótimos, mas que aqueles tempos foram deliciosos, isso foram ...

Iarinha

vc os têm, ama e cuida ... então, aproveite bem a fase ...

Monday disse...

Le

ai, amiga, tipo assim, filhas são tuuuuuudo de bom ... kkkkkkkkkkkkk

Guriazita

bah, e dá pra não te seguir, tche?

Branquinha

Concordo, eu tenho sempre a sensação daqui ser mais um círculo de convívio, como o trabalho, família, etc ... a gente visita uns aos outros e vai parecendo amigos de longa data ...

Monday disse...

Le

você nunca tá em falta, minha Saramago de saias ... eu vou lá te ler porque adoro seu estilo e seus textos, vou quando posso ... e vc faz o mesmo, certo? bjks

Maizita

Não conta pra ninguém, mas enquanto a mãe dela tava dando a luz (foi a terceira paciente do dia), eu fiquei lendo Garfield e Charlie Brown na sala de espera ... e rindo aos borbotões ...

Monday disse...

Lívia

eu tb nunca tive vontade, no único mês que isso aconteceu, a Sa foi fabricada ... rsss

obrigado pela visita, portas sempre abertas por aqui ...

assim que acabar de responder os coments aqui, eu vou lá ver a música ... obrigado pela dica.

Su

São as duas pessoas que mais amo no mundo, a Sa e a Carol, minha outra filha ... logo, demonstrar é o mínimo que dá vontade ...

Monday disse...

Des

amigos são pra essas coisas, por isso são amigos ... me lembrei quando minha filha menor era mais nova e ficava em crise: só na palhaçada pra fazê-la sorrir ...

o coment enorme fica de presente pra ti, faz com ele o que quiser ... se quiser usar para um post, à vontade ... só quero que vc seja feliz, moça ...

Ve

Bom curtir os pirralhos, não? e obrigado pelo poema, Pessoa manda sempre muito bem ...

Monday disse...

Ta

A Sa sempre curtiu esse poema, não sei porque ... rssss
Vou atrasar um pouco pra responder o último email, to descansando o braço ... pro remédio fazer efeito ...

Van

Sorrisaço, moça ... rssss

Pequena

a introdução foi só pra não deixar o pessoal meio no escuro ...

Monday disse...

Ma

vc também baba pelos seus filhotes que eu sei ... rsss

Castanha

é a minha pimpolha ... rsss

Sunny Girl

hum, novos olhares by Sunny Girl ... uaaaaauuu!!!

Monday disse...

Fe

a mãe dela tava muito linda naquela noite ... a filha tinha que sair bonita também ... rsss

pena que ficou viciada em chá de reclamação depois ... rssss ... aí, ficou complicado depois ... mas valeu a pena, no mínimo, pelas duas filhotas que vieram ... o resto, virou passado e alguns poemas ... e a vida seguiu ...

Pearl

literalmente mesmo, moça do nome lindo ...

Cris Animal disse...

Só sentir!
Nada de palavras.........

Lindo

............Cris Animal

EU SOU NEGUINHA disse...

Lindo demais.....
marca o coração...
Beijao

EU SOU NEGUINHA disse...

tem selinho pra tu em meu blog..
Beijos

Lívia Brito disse...

Pode, é só usar a imaginação!

;D
Beijos.

Moni disse...

que lindo isso.. uma homenagem e tanto! lindo findi! beijos

Branca de Neve Desencantada disse...

Ah mas que fofoooooo!

Que lindinho... a princesinha deve ser uma gracinha né?

Fiquei emocionada... hihihi

E o melhor, estava tocando Dire Straits!

Beijinhos e beijinhos na princesinha!

Késia Maximiano disse...

Aaaaahhh parabens!!!!
Beijos

Srta. Festa disse...

It's so romantic!

Lindo o poema (E Fresta quase combinou com Festa). É bom saber que existem paizões assim como você, fico muito feliz mesmo. Quem me dera ter tido um pai assim...

E sim, acho que somos um Aquariano e uma Ariana de Saturno ou de Júpiter, talvez.

Bjos =D

Priscila Mondschein disse...

Olá, Monday!

Percebo que não há mesmo conflito entre sua mão e a folha... seus poemas são muito bonitos!

Eu te visitei uma vez mas não deixei recado! Vc gosta de segunda-feira? rsrs

Beijo!

Monday disse...

Cris

e nem foi em italiano ... rsss

Tu és neguinha

selinho? vamos iremos lá buscar ... gracias, menina ...

Li

Imaginação é o que não falta por aqui ...

Monday disse...

Moni

é mais que homenagem, é constatação ... rsss

Branca

fazer love com Dire Straits é tão bom que até faz aparecer filhotes ...

Kesia

nós temos uma amiga com esse nome ... lindona ela, uma mulher elegantérrima ...

e obrigado pela visita, em breve dou uma passadinha por lá, em retribuição ...

Monday disse...

Festa

tb pensei nos parônimos ... rsss

quanto aos pais, cada um no seu estilo, mas normalmente eles amam seus filhos, com ou sem poesia ...

o meu passou a minha infância e adolescência trabalhando, tive pouco contato ... mas depois dos 30, pudemos conviver e ele foi um dos meus melhores amigos e companheiros ...

Pri

obrigado pelos elogios, moça ...

quanto ao "Monday", é um nick que se originou em uma manhã de amor um tanto quanto inesperada ... numa segunda-feira, naturalmente ... em um passado distante ... rsss

A Senhora disse...

Querido, enquanto está de molho (mas nem tanto...rss), eu coloquei um desafio para você no meu blog.

Beijinhos.

Cris Animal disse...

....rsssss
Bobo!
Nada a ver!
Seduções apenas. Em italiano....rs

CAROLINA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CAROLINA disse...

Pai,
Adorei o poema que vc fez pra Sah!!
Tenho certeza que ela vai amar!!

Bjinhos

P.s.: Jah que vc gosta tanto do seu mundo dos Blogs , eu vim ver como eh!! =D