quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Fresta

Faça
do corpo
poesia
e num toque de magia
faça os versos serem membros
e em suaves movimentos
se aproxime do meu ser
e o envolva na grafia
de inexistente rima,
transformando estes momentos
numa estrofe de amor

Quando
o sereno e a madrugada
deixam a relva orvalhada
como se fosse suor
faz-se,
no poema,
analogia,
e o verso
em sua grafia
narra o ventre como flor

Toque
na minha pele
a mão macia
que o contato
propicia
o crescer da sensação

E ouça
com seus olhos de menina
o perfume do poema
que se espalha pelo quarto
quando a luz quebra a penumbra
pela fresta da janela

a anunciar o dia

19/03/91

27 comentários:

Branca disse...

Bonito Monday...
fazer do corpo poesia... bem sugestivo...
Não há nada mais delicioso, mais lindo que um poema...

ótimo findi pra vc,
bjo carinhoso.

Letícia disse...

Eu li e a cena é nítida. Você tem histórias bonitas e poemas que narram a vida falam mais. Poema vazio não faz rimas.

Bjs.

Escrevendo na Pele disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
°° Desequilibrada °° disse...

Aum...
Coisa linda meu deus!

Palmas pro Mooooon!!!
=D
Mas vc é muuuuuito modesto ne?!
Quer dizer então que vc é um falador de besteiras mil???

EU É QUE SOU!!!

Vc SÓ fala coisas bonitas!!
bjuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

Pequena Poetiza disse...

corpo poesia... versos membros...
enfim
sem palavras
deu vida aos seus versos e pude vê-los dançar em mim

beijos

gabrielle disse...

mergulho na melodia das tuas palavras e não quero submergir!
o cheiro de prazer latente nas tuas palavras é afrodisíaco que me prende... dou por mim a questionar-me se o desejo renasce em cada raio de sol, ou a cada verso? o sentir intensifa os reflexos e as sombras? ou, são os teus poemas que interferem com a minha visão acrescentando cor, brilho e luminosidade à minha vida a preto e branco?

beijinho

Juliana disse...

suas poesias falam na maioria de corpo e de toque né?
Muito boas, podia fazer um livro com todas elas! eu compraria fácil!
^^

A Senhora disse...

hummm... essa fresta deixando passar o dia me fez lembrar a casa de meu avô...

beijinhos

Tyellë disse...

Monday, meu amigo...
que lugar magnífico é esse ?!
Peço desculpas por não ter visitado esse seu cantinho antes, que belas palavras...a poesia, o corpo, o desejo, a alma...
voltarei sempre.

Eu realmente nunca havia visitado aqui, sempre fui no ménage por que eu encontrei o ménage por outros blogs.

Sou fã dos dois blogs a partir de agora rsrs.

bjos
ate logo

Camila :) disse...

belaa poesiia *.*

Cami disse...

Esse poema faz imaginar o dia raiando lá fora e ali dentro, numa cama, dois corpos entrelaçados a desfrutar do amor.

Que lindo esse poema!

Bjão!

Monday disse...

Branquinha

concordo contigo, moça: poemas podem trazer uma beleza ímpar ...

Le

O que resultou dessa cena, eu mostro no próximo post ... Poema para Sabrina ...

Ma

Talvez nem todos gostem de poemas carregados de sensualidade e erotismo como são os seus ... mas, gostos a parte, ninguém pode negar o quão lindos eles são ... você também escreve muito bem, moça, e eu estarei sempre lá para te ler ...

Monday disse...

Des

Minha maluquete querida, aqui eu escrevo em versos e procuro dar vazão a minha vontade de escrever tentando levar o que eu acho bonito aos olhos do mundo ...

fora daqui eu me comunico no mais desvairado besteirol, temperado sempre com muito bom humor ...

Pequena

você não imagina o prazer que é saber que algo que se escreveu proporcionou um sorriso ou algo de bom a quem o leu ...

se bem que, eu acho, você imagina sim, não é, poetisa?

Gab

se os poemas que vc escreve forem em preto e branco, alguém mudou a escala das cores ... rsss

quanto a este poema, especificamente, ele retrata uma noite de amor que nove meses depois resultou em outro poema ...

e se o amor da noite já não mais existe, o que dele resultou não deixará de existir nunca mais ...

Monday disse...

Ju

pode contar? são mais ou menos uns 330 poemas, mas só uma parte fala de toques e corpos ... resultado desse meu delicioso vício que é gostar de mulher ... rsss

o livro existe, mas ainda não foi publicado ... quem sabe esse ano?
enquanto isso, eu vou brincando de blogueiro e conhecendo um monte de gente que escreve também, o que é sempre um prazer ...

Mi

se você tem lembranças da casa do avô, é porque tem histórias boas para contar ...

Ty

como eu já te leio há tempos, tomei a liberdade de fazer o convite, pois pelos seus coments você parecia dos poemas que foram postados no ménage ...

bom saber que gostou daqui também, volte quando quiser, menina bonita ... só não tem trilha sonora que nem o seu cantinho ...

Monday disse...

Camilinha

Eu vi as fotos lá no teu blog ... tá só na bagunça com as amigas, hein, vida boa!

Cami

foi mais que imaginação, guria ... rsss

l u a * disse...

[o que eu dizia, lá das minhas côres, é de quem se ama, longe. bem longe.]

Pelos caminhos da vida. disse...

Que lindo!!

Obrigado pela visita,volte sempre.

Fim de semana de luz.

beijooo.

Cansada de ser boazinha disse...

Que lindo! Adoro o que vc escreve!
Quanto ao teu comentário no meu post, ainda bem que vc tb achou absurdo o negócio do sms, às vezes acho que eu sou louca ou exigente demais!!
Obrigada por me acompanhar!!
Bjos!!

Monday disse...

Lua

Tendi, moça! é, longe fica mais difícil de abraçar, mesmo ...

Pelos caminhos

A gente vai de tempos em tempos, não consigo visitar todo mundo sempre ... rssss

Guria

pelo sms, é fim de carreira mesmo ... você não é louca não ... rsss

Bnadys disse...

Gosto da maneira que escreve!!

Beijo e um final de semana de amor..

Bandys disse...

Nossa saiu errado meu nome,

beijos again!

Escorrentes Poemas disse...

Ai... que delícia!!

Babi Mello disse...

Obrigado pelo comentário no blog, mas não fica com essa impressão de ficar no bate-papo o dia inteiro, não temos nem tempo para isso.
Seja sempre bem vindo no meu blog.

Charlotte disse...

"Quando
o sereno e a madrugada
deixam a relva orvalhada
como se fosse suor
faz-se,
no poema,
analogia,
e o verso
em sua grafia
narra o ventre como flor"

perfeito.

DESIRE disse...

Que poema lindo!
Bom domingo!
Beijos prometidos

Monday disse...

Bandys

Tá trocando as letras já no meio da tarde, moça?

Escorrentes

Tá viciada em delícia, né, moça?

Babi

Fica tranquila, moça, eu sei bem o tamanho do trabalho que deve ter por lá, ainda mais na sua área ... por aqui é a mesma coisa ... rsss

Charlote

Ah, essa é uma das minhas estrofes preferidas, dentre os poemas que já escrevi ... acho que ficou muito bonita ...

Desire

As fotos andam caprichadas lá pelo teu canto, não?

Michelle Dangeli disse...

Uma corrente que nos arrasta...Belo poema!